Câmara Municipal instaura CPI para investigar possíveis irregularidades no município

Vereadores pretendem investigar supostas irregularidades execução do serviço de análises clínicas para atender as unidades de saúde do município

A Câmara Municipal de Nova Friburgo instaurou, durante a sessão da última terça-feira (25), uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) para investigar supostas irregularidades no contrato celebrado entre o Município de Nova Friburgo e a empresa Abel F. De Oliveira & Cia LTDA e demais correlações na execução do serviço de análises clínicas para atender as unidades de saúde de Nova Friburgo. Agora, a Casa legislativa aguarda a indicação dos nomes dos membros que comporão a Comissão pelos Blocos Partidários, que tem o prazo de até três sessões para apresentá-los.

De acordo com o propositor da Comissão, vereador Marcinho (republicanos), foram recebidas denúncias sobre a prestação inadequada de serviços de um laboratório de análises clínicas. De acordo com o requerimento nº 12/2022, protocolado pelo vereador Marcinho (Republicanos), um dos prestadores de serviço está realizado suas atividades em espaço público do Município quando deveria realizá-lo em suas próprias dependências, o que geraria dano ao erário. Ainda de acordo com o parlamentar, esta irregularidade foi denunciada ao Ministério Público Federal (MPF) e ao Ministério Público Estadual (MPE) e correm em segredo de justiça.

Após a entrega desses nomes, a presidência da casa Legislativa fará publicar uma portaria, momento em que começará a contar o prazo de 90 dias.